Como a empresa deve agir na Copa do Mundo

Na Copa do Mundo, a empresa deve explicar claramente as regras a respeito de atrasos e uso de mobiles

Na Copa do Mundo, a empresa deve explicar claramente as regras a respeito de atrasos e uso de mobiles

Como a empresa deve agir na Copa do Mundo

A Copa do Mundo 2018 começou a pleno vapor! Países de todo o mundo param para assistir aos jogos, com a esperança de verem o seu time campeão. No Brasil, em dia de jogo da seleção canarinho, todos se preparam tremulando bandeiras e vestindo camisetas nas cores verde-amarelas. Na verdade, todos passam a exercitar o seu patriotismo e a torcer, com garra, para que a seleção brasileira se torne mais uma vez campeã.

Explique as regras

Por outro lado, muitas pequenas empresas se veem diante de um dilema: o que fazer com os funcionários em jogos da seleção? Radicalismo não adianta, demissões de funcionários faltosos não surtem bons resultados. Daí vem a pergunta: como a empresa deve agir na Copa do Mundo? Primeiramente, é importante explicar claramente as regras em relação a ausências, atrasos, uso de mobiles, entre outros.

Internet lenta

Ainda que a empresa não libere os funcionários, certamente permitirá que eles assistam aos jogos do Brasil pela televisão ou pela internet. Nesse caso, o acesso de inúmeras pessoas à rede poderá causar congestionamento, o que tornará a conexão lenta. Afinal, todos estarão com a atenção voltada exclusivamente a seus smartphones, tablets e notebooks, para assistirem aos jogos online. Portanto, é preciso se preparar para problemas com a internet. Peça ajuda aos profissionais do TI, para que a infraestrutura digital suporte o aumento no número de acessos.

Relacionamento com o cliente

Uma ideia bem interessante e sábia é aproveitar a Copa do Mundo para melhorar o relacionamento com o cliente. Os jogos podem ajudar a estreitar os laços entre clientes e empresa em uma troca produtiva e positiva. Para tal, escolha estrategicamente os clientes, para assistirem aos jogos da seleção canarinho com você e seus funcionários. A confraternização trará resultados surpreendentes.

Premiações e benefícios

Se a empresa não puder parar durante os jogos do Brasil, alguns funcionários terão de trabalhar. Mas o que fazer nesse caso? Para aumentar o engajamento dos colaboradores, uma dica é oferecer a eles premiações e benefícios, como bônus ou folga. Para que todos participem, organize um horário especial, com revezamento de funcionários. Assim, quando um trabalhar no momento da partida da seleção, outro estará livre para assistir ao jogo (e vice-versa).

Flexibilidade de horários

Os brasileiros são apaixonados por futebol, não há o que negar. Ser autoritário e intolerante só trará problemas para a empresa. Você pode até não curtir a Copa do Mundo, mas a maioria adora acompanhar os jogos da seleção. Uma opção que agrada a ambos os lados é a flexibilidade de horários. Dessa forma, a paralisação será compensada de outras formas, como no horário do almoço ou chegando mais cedo ao trabalho.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Gestão Empresarial.

Fonte: revistapegn.globo.com

 

Andréa Oliveira 20-06-2018 Artigos

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.