Curso Empresa de Limpeza - cozinhas industriais

Encontramos em uma cozinha sujidades incrustadas, como: gorduras, restos de comida, migalhas, doces, temperos, poeira, restos de matérias-primas, e uma infinidade de...

Curso Empresa de Limpeza - cozinhas industriais 

Encontramos em uma cozinha sujidades incrustadas, como: gorduras, restos de comida, migalhas, doces, temperos, poeira, restos de matérias-primas, e uma infinidade de componentes que são, sem dúvida alguma, alimentos excelentes para as bactérias, que tantas doenças causam às pessoas. Sendo assim, o pessoal responsável pela limpeza de uma cozinha industrial deve ter conhecimento da importância da contaminação e dos riscos que causam, devendo estar bem capacitados em técnicas de limpeza, para evitar qualquer tipo de transtorno às pessoas.

Nomenclatura usual nos serviços de limpeza de áreas de manipulação de alimentos:

Limpeza: é a eliminação de terra, restos de alimentos, pó ou outras matérias indesejáveis.

Contaminação: entende-se como a presença de substâncias ou agentes estranhos de origem biológica, química ou física, que se considere como nociva ou não para a saúde humana.

Desinfecção: é a redução, por intermédio de agentes químicos ou métodos físicos adequados, do número de microrganismos no prédio, nas instalações, maquinaria e utensílios, em nível que impeça a contaminação do alimento que se elabora.

Procedimentos de limpeza de uma cozinha industrial

Cada estabelecimento deverá assegurar sua limpeza e desinfecção. Não deverão ser utilizados nos procedimentos de higiene substâncias odorizantes e, ou desodorizantes, em qualquer de suas formas, nas áreas de manipulação dos alimentos, com o objetivo de evitar a contaminação pelos mesmos e dissimulação dos odores.

1) varrer todo o ambiente, removendo todos os restos de alimentos e produtos;

2) retirar todos os resíduos das lixeiras da cozinha, removendo para o local determinado, e higienizar as lixeiras, com muito sabão e desinfetante;

3) começar a limpeza sempre pelas paredes, de cima para baixo, cuidando para não molhar as tomadas, porém, deixando os rejuntes perfeitamente limpos;

4) desengordurar e lavar os utensílios como bancadas, coifas, exaustores, pias, mesas, panelas, etc, com o auxílio das fibras de limpeza; e

5) as portas e janelas devem ser também limpas pelo lado de dentro quando da limpeza das paredes. Lavar os pisos com detergente concentrado e fibras especiais, para remoção.

Atenção:

Quando for o caso, deverão existir instalações adequadas para a limpeza e desinfecção dos utensílios e equipamentos de trabalho. Estas instalações deverão ser construídas com materiais resistentes à corrosão, que possam ser limpos com facilidade e deverão, ainda, estar providas de meios adequados para o fornecimento de água fria ou fria e quente, em quantidade suficiente.

Este material é parte do Curso Como Montar e Operar uma Empresa de Limpeza, produzido pelo CPT - Centro de Produções Técnicas. Nele, você aprende a importância de se manter os ambientes sempre limpos para garantir o bem-estar, o conforto e o maior rendimento do trabalho, características essas cada vez mais exigidas pelas empresas que privam o bem estar de seus funcionários e de sua clientela a todo custo.

Por Silvana Teixeira.

 

 

Silvania Teixeira 22-07-2015 Cursos

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.