Centro de Produções Técnicas
Voltar

O pizzaiolo deve estar preparado para um atendimento de qualidade

 O pizzaiolo deve estar preparado para um atendimento de qualidade   Artigos Cursos CPT


 

Além da qualidade dos alimentos e das boas condições de higiene em que são elaborados, outro fator, indispensável para conquistar a clientela, é a qualidade do atendimento por parte do pizzaiolo

Além da qualidade dos alimentos e das boas condições de higiene em que são elaborados, outro fator, indispensável para conquistar a clientela, é a qualidade do atendimento por parte do pizzaiolo e outros profissionais do estabelecimento. “Um atendimento de qualidade vai além da abordagem e do contato com os clientes; ele engloba o oferecimento de um ambiente que atenda às expectativas do cliente, oferecendo-lhe conforto, segurança, liberdade e, principalmente, alimentos saborosos e de boa qualidade”, afirma Wilson Ferreira, professor do Curso a Distância CPT Treinamento de Pizzaiolo, em Livro+DVD e Curso Online.

Não se pode esquecer que a qualidade do atendimento é também um produto da sua pizzaria que se encontra à venda e, por isso, deve sempre ser praticado, tendo-se em vista que os clientes são o maior patrimônio de uma empresa e, por isso, precisam ser bem tratados. E, tanto o pizzaiolo como seus auxiliares deverão saber o que fazer para impressionar os clientes, lembrando que é sempre necessário conhecer as técnicas de um bom atendimento; colocá-las em prática, mas sempre de forma tranquila e natural. E, para que isso seja feito da melhor forma possível, alguns cuidados são importantes:

1) Ser verdadeiro: ser sincero, íntegro e procurar resolver, imediatamente, os problemas sem custo ou inconveniência ao cliente. Nesse sentido, o pizzaiolo precisa estar sempre bem informado sobre todos os produtos da pizzaria, para que toda e qualquer informação, passada aos clientes, seja verdadeira.

2) Boa imagem: o pizzaiolo deverá sempre ser bem preparado para solucionar eventuais problemas, pois somente agindo com rapidez e segurança, o cliente confiará nos serviços prestados pelo estabelecimento.

3) Apresentar uma conduta confiável: preparar o pedido do cliente exatamente como combinado na hora do atendimento, dentro do prazo estabelecido e de preferência “fazer certo da primeira vez”, pois muitos clientes não têm paciência para pedidos de desculpas.

4) Responsável: ser pontual, responder rapidamente às perguntas e requisições e conseguir informações para as pessoas no prazo prometido. Agindo assim, o pizzaiolo estará passando ao cliente uma imagem de bom profissional.

5) Atender ao cliente com empatia: o pizzaiolo deve colocar-se no lugar dos clientes, ou seja, vendo as coisas do ponto de vista dele e, ao mesmo tempo, sendo sempre agradável e bem-humorado. Além disso, evite, ao máximo, pedir ajuda a outros colegas para responder a dúvidas dos clientes, referentes aos produtos e serviços que estiver oferecendo em nome da pizzaria.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Treinamento Profissional.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário