Centro de Produções Técnicas
Voltar

Conduíte do freio v-brake: características

Conduíte do freio v-brake: características   Artigos Cursos CPT


 
O conduíte do freio é feito de uma malha de aço helicoidal que tem a função de manter o espaço interno constante, mesmo quando ele é flexionado

O conduíte do freio é feito de uma malha de aço helicoidal que tem a função de manter o espaço interno constante, mesmo quando ele é flexionado. Já o cabo de aço é construído de fios de aço trançado que garantem alta flexibilidade, mas é fundamental que não apresentem elasticidade, ou seja, não pode variar o seu comprimento mesmo sob tração. O cabo de aço funciona por dentro do conduíte e o atrito entre eles deve ser mínimo para que a frenagem seja suave e, ao soltar o manete, o cabo volte à posição inicial, interrompendo a frenagem.

“Com o objetivo de diminuir esse atrito, que nunca é nulo, os fabricantes optaram por manter conduítes somente em regiões onde o cabo necessita ser curvado, reduzindo, também, o peso final da bicicleta”, afirma Alcenir Junior, professor do Curso a Distância CPT Bicicletas - Escolha, Regulagem e Manutenção, em Livro+DVD e Curso Online. Para não alterar o projeto original da bicicleta, sempre manter o comprimento de fábrica de cada trecho do conduíte. Nos casos em que existe a necessidade da troca dos cabos, para a retirada do cabo defeituoso, o primeiro passo é alinhar a fenda do regulador com a arruela do regulador e da saída do cabo no manete para que o cabo possa ser retirado. Em seguida, pressionar o manete para que o fixador do cabo fique exposto e alinhe a sua ranhura com o cabo, bastando empurrá-lo para baixo para que se solte.

Para colocar o cabo novo, deve-se fazer o caminho inverso, fixando o cabo no manete e passando-o em suas ranhuras, arruela e regulador. Girar o regulador de forma a deixar sempre uma folga para que o freio possa ser regulado tanto no sentido de afrouxar ou de tencionar o cabo. Antes de passar o cabo no conduíte, é fundamental lubrificá-lo com graxa à base de silicone ou vaselina para que deslize mais facilmente no conduíte e também não enferruje. Não utilizar a graxa à base de lítio (a graxa azul), que é a mais utilizada para a lubrificação dos rolamentos da bicicleta. Passar uma fina camada da graxa, à base de silicone ou vaselina por todo o cabo de aço e ele já poderá ser introduzido no conduíte, não se esquecendo de colocar a ponta do conduíte, que deve ser encaixado no manete. Seguir o caminho inverso da retirada do cabo de aço. Caso seja necessário trocar algum pedaço de conduíte, o pedaço novo deve ser de igual comprimento do antigo.

É importante sempre utilizar o alicate específico para corte de conduíte, pois os alicates comuns amassam a capa de aço helicoidal e o cabo de aço não desliza, comprometendo o funcionamento do freio.

Quer saber mais sobre o Curso? Dê Play no vídeo abaixo:


 


Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Treinamento Profissional.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário