Centro de Produções Técnicas
Voltar

Boa opção de negócio? Criação e comercialização de animais silvestres!

 Boa opção de negócio? Criação e comercialização de animais silvestres!   Artigos Cursos CPT

É comum ver churrascarias nos grandes centros urbanos, ostentando enormes banners em frente ao estabelecimento, fazendo propaganda de carnes como javali, jacarés, entre outros animais silvestres

A culinária brasileira é bastante diversificada e oferece pratos que refletem o meio ambiente e a cultura das regiões de onde se originam, absorvendo influências dos inúmeros imigrantes estabelecidos no Brasil. O que era considerada uma iguaria para a classe A e B, hoje já se reflete no consumo popular. “É comum ver várias churrascarias nos grandes centros urbanos, ostentando enormes banners em frente ao estabelecimento, fazendo propaganda de carnes como javali, jacarés, entre outros”, afirma aulo Bezerra Silva, professor do Curso a Distância CPT Abate e Comercialização de Animais Silvestres, em Livro+DVD e Curso Online. Avestruz, cordeiro, atum, salmão e outros peixes nobres, criados em cativeiros, ou mesmo camarões orgânicos conquistaram espaço em vários restaurantes e churrascarias e competem de igual com as carnes convencionais.

Essa explosão de consumo de carnes exóticas ou especiais também está presente nos cardápios de restaurantes de hotéis e não se trata de um modismo, mas sim de uma realidade que chegou para ficar. O Chef Executivo do Hotel Inter Continental Rio de Janeiro, David Jobert, acredita que o crescimento de consumo de carnes exóticas se dá pelo acesso a bons produtos, e também a procura pelo novo em termos de sabor, qualidade, saúde e receitas inovadoras. “Quando o cliente experimenta novos sabores, aprecia e comenta com seus amigos e familiares, a tendência é aumentar a procura por esses novos produtos. Qualidade não é modismo! Uma carne diferente, com sabor mais suave, ou uma textura mais macia e perfumada, preparada com os melhores ingredientes, em uma receita elaborada com carinho, nunca será um modismo. Coisas passageiras são aquelas misturas estranhas, que só se tem vontade de provar uma vez na vida, para não dizer que nunca comemos quando estivemos em tal restaurante. A partir do momento em que o cliente prova, e aprova, essas carnes ficam mais presentes e bem estabelecidas no mercado”, garante Jobert.

De acordo com ele, no cardápio dos restaurantes que compõem a gastronomia do Hotel InterContinental Rio de Janeiro, figuram carnes como avestruz, rã e Faisão. “O diferencial destas carnes é que trazem experiências novas ao paladar. Por exemplo, o faisão. É uma carne de caça que precisa ficar pendurada, macerando por alguns dias antes de ser preparada e servida, pois isto agrega sabor mais e perfume a carne. A rã já é uma velha conhecida dos brasileiros (e dos franceses também), uma carne livre de gordura, absolutamente branca, saborosa e muito fortificante.

O avestruz, por sua vez, é uma carne de ave, porém, é vermelha, tem mais proteína que a carne de gado, é muito macia e não possui os seus inconvenientes como colesterol. Tudo isso nos faz considerar conveniente, colocar receitas em nossos cardápios com estas carnes, mas sem deixar as outras mais conhecidas de lado. Apenas podemos ousar mais com ingredientes diferenciados”. O avestruz, a grande estrela de carnes especiais, há muito tempo, deixou de ser rotulada como exótica e figura nos principais restaurantes de hotéis, e no Hotel Meliá Jardim Europa, em São Paulo, isto não poderia ser diferente.

“O Avestruz tem uma carne muito interessante, muitos cortes nobres e macios, extremamente saborosos e muito saudáveis. Um dos pratos que preparamos é o Carpaccio de Avestruz com Hortelã e Raspas de Limão”, informa o Chef Executivo Claud Tohya Yamashita. Ele acredita que todo o cardápio deve ter algo que desperte a curiosidade dos clientes, isso o enriquece. “Acho que é importante tentar atender a vários tipos de paladares quando trabalhamos em hotéis e, nesse sentido, o aumento expressivo no comércio de carnes exóticas veio nos ajudar bastante. Há dez, quinze anos atrás, lembro que havia grande procura por parte dos restaurantes, porém, nem sempre achávamos as mercadorias que procurávamos. Hoje temos muito mais opções de adquirir produtos de qualidade, sobretudo nacionais, com custo benefício melhor. Atualmente, carnes como javali, cordeiro e coelho podem ser encontradas em alguns mercados. Apesar de ter aumentado bastante a procura por carnes exóticas no País, muitos ainda não se arriscam em experimentar algo diferente. Acho que há uma curiosidade por parte de algumas pessoas, e a procura em hotéis varia muito conforme cada hóspede. Os europeus estão bem acostumados em experimentar carnes exóticas”, salienta o Chef Yamashita.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livros+DVDs e Cursos Online, da área Animais Silvestres.
Por Silvana Teixeira.

Deixe seu comentário