Sr. Marceneiro, você sabe como lidar com a concorrência?

Pesquisas demonstram que o mercado consumidor dá uma preferência indiscutível para um móvel produzido por um marceneiro a um fabricado em série

Sr. Marceneiro, você sabe como lidar com a concorrência?

Há no setor de marcenaria uma grande concorrência com os fabricantes de móveis planejados e em série, com design moderno e bom acabamento; porém, com preços superiores aos que podem ser praticados pela marcenaria e com menor durabilidade.

Porém, contratando um marceneiro, o consumidor pode ter um móvel sob medida, com detalhes personalizados, ter um móvel mais durável, além de pagar mais barato por ele.

Os serviços de uma marcenaria valem-se de um meio de comunicação e divulgação muito forte que é a indicação “boca a boca”. Porém, só se recomenda o trabalho de quem o faz bem feito, com prazo de entrega e qualidade fiéis ao que foi combinado.

A experiência tem-nos mostrado que os principais fatores de sucesso das marcenarias no mercado brasileiro são:

Qualidade – é importante ressaltar que essa característica não deve estar limitada ao móvel em si, mas abranger o atendimento como um todo: desde a forma como as pessoas atendem ao telefone, até o momento do pós-venda.

Conformidade –refere-se ao cumprimento com aquilo que o cliente deseja, inclusive atentando aos detalhes do móvel escolhido pelo consumidor.

Preço – deve-se ficar atento aos valores praticados pelo mercado, para se manter competitivo.

Pontualidade – talvez seja o fator que gere mais problemas nas marcenarias. Para evitar conflitos com os clientes, o marceneiro deve ser o mais honesto possível quanto aos prazos praticados. É melhor ser sincero desde o começo, dizendo que o projeto irá demorar um pouco mais para ficar pronto, do que estipular prazos que não poderão ser cumpridos. E sempre que ocorrer algo que possa acarretar atraso da entrega, o cliente deverá ser sempre o primeiro a saber.

Gostou dessa matéria? Quer saber mais sobre os Cursos CPT? Assista ao vídeo abaixo:


 

Conheça os Cursos CPT da Área Marcenaria

Por Daniela Guimarães.

Daniela Aparecida Guimarães Lopes 28-12-2022 Artigos

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.